Sete dicas para evitar micos com os convidados do seu casamento

Vi esta outra matéria no R7 e também achei legal compartilhar com vocês. Vale tudo para evitar problemas!

Do r7: “A preparação do casamento é sempre tumultuada – mesmo que os noivos comecem a preparar a festança com um ano de antecedência. São tantos detalhes para pensar que é comum que os pombinhos esqueçam-se de alguma coisa, errem em outra e acabem enfrentando algumas saias-justas.

Para tentar evitar que você pague mico com os convidados, o R7 conversou com a advogada e planejadora de casamentos Camila Relva, proprietária da empresa Compagnie, especializada em organizar cerimônias e festas. Veja as dicas:

1- Convide apenas os amigos e familiares mais íntimos

Caso seu orçamento seja apertado, convide apenas familiares e amigos mais próximos, pessoas com quem você realmente faça questão de compartilhar esse momento importante da sua vida. Aquela amiga de formatura que você não vê desde o fim da faculdade não precisa ser convidada.

Se você for fazer uma lista para convidar até aquele vizinho para quem você diz só “bom dia” quando vê vai ter no mínimo 500 convidados.

E quando a lista cresce demais – e chega, por exemplo, aos 700 convidados, certamente 300 deles são amigos dos pais ou convites protocolares, aqueles que você acha que tem que dar. Nesses casos, a pessoa com quem você nem tem intimidade acaba indo só por educação.

2- Saiba o que dizer quando alguém que não foi convidado perguntar do seu casamento

Você não tem obrigação de convidar ninguém para o seu casamento. Mas se alguém que ficou fora da sua lista perguntar da festa explique que o casamento será uma cerimônia íntima. Para Camila, “a pessoa que estiver perguntando tem que ter a noção de que ela não é próxima nem íntima”.

3- Amigos dos pais devem ser convidados

É indicado destinar alguns convites aos pais, principalmente se eles estiverem ajudando a pagar a festa. Segundo a consultora, “é justo e de bom tom permitir que os pais convidem quem eles quiserem”.

Se eles estiverem pagando uma parte ou toda a festa, deixe 30% dos convites para eles. Se os noivos bancarem o casamento, vale a pena conversar com os pais para saber quantas pessoas eles querem convidar – normalmente eles escolhem cinco ou dez pessoas.

4- Nem sempre é preciso estipular o traje dos convidados

É muito comum que as noivas deixem estipulado no convite qual traje os convidados devem usar, especialmente em casamentos que acontecem no campo ou na praia. O objetivo disso é evitar que as pessoas apareçam na cerimônia de bermuda ou chinelos, por exemplo.

Quando o casamento acontece na cidade o dress code não precisa ser exigido. A não ser que a noiva queira que todos os convidados usem black-tie – afinal, ninguém aluga um smoking sem que alguém tenha solicitado.

5- Estimule um acordo entre as madrinhas sobre as roupas

As fotos do seu casamento vão ficar mais bonitas se houver um equilíbrio entre as roupas das madrinhas. Mas não constranja ninguém exigindo que elas usem determinada cor. Coloque todas elas em contato ou fale você mesma com todas para certificar-se de que não haverá no altar roupas de cores repetidas. Como estão na moda os tons fortes, não vai ficar legal se duas delas usarem, por exemplo, um vestido amarelo superforte.

Para os homens que estarão no altar, é interessante uniformizar a cor do terno. Se quiser exigir que eles usem determinado modelo ou cor de gravata, é de bom tom dar o acessório de presente para os padrinhos.

6- Diga onde os convidados devem comprar os presentes

É legal listar uma ou duas lojas em que os convidados possam comprar os presentes. Isso facilita a vida do convidado e a de quem vai casar.

Mas a lista do que você quer não precisa ser anexada ao convite. Há na internet muitas opções de sites que permitem fazer listas, inclusive agregando produtos de várias lojas.

7- Se não quer servir jantar, faça o casamento em um horário em que os convidados não esperem pela comida

Se você não quer que as pessoas entendam que haverá jantar, escolha casar à tarde, entre 15h e 17h. Nesse caso, você pode servir um brunch ou fazer um coquetel, com bebidas e salgados.

Porém, se o seu casamento for por volta das 20h, todos os convidados vão imaginar que será servido um jantar.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s